sexta-feira, 22 de junho de 2012

X Encontro/Convívio de Naturais, Residentes e Amigos das Mós


No passado sábado, dia 16 de Junho, pelo 10º ano consecutivo, os naturais e amigos das Mós encontraram-se em convívio. A zona centro era a contemplada para o encontro deste ano e foi escolhido o aprazível e amplo Parque de Merendas de Mogofores (Anadia), o mesmo espaço onde se realizaram já os 2º e 6º convívios em 2004 e 2008 respectivamente. Uma organização da Associação de Cultura e Recreio “As Mós”.
A parte da manhã, numa vertente mais cultural, foi preenchida com a visita ao Aliança Underground Museum. Repartidos por dois grupos (coube-nos acompanhar o segundo) e guiados por uma funcionária do museu, os convivas puderam deliciar-se com a quantidade de arte exposta nas várias galerias.
“O Aliança Underground Museum é um espaço expositivo, que se desenvolve ao longo das tradicionais caves da Aliança Vinhos de Portugal.
Contemplando oito colecções distintas, este equipamento museológico versa áreas como a arqueologia, etnografia, mineralogia, paleontologia, azulejaria, cerâmica e estanharia abrangendo uma impressionante extensão temporal com milhões de anos.
Inseridos no grande universo da Colecção Berardo, estes acervos resultam do cuidado constante do coleccionador José Berardo, em imunizar peças e obras de arte, de múltiplas origens e espécies, com significado por vezes histórico, por vezes sentimental.”

A tarde começou com o almoço confeccionado pela organização e saboreado pelas duas centenas de convivas distribuídas em grupos pelas mesas do parque. A partilha dos sabores, das conversas e sentimentos, contribuiu para a predominante boa disposição que, à parte dos sorrisos e dos abraços, havia de transbordar espontaneamente nas danças efectuadas ao som da música bem executada, quer vocal quer musicalmente, pelo grupo convidado, o “Duo Bairrada”.
Como reconhecimento pela pessoa que é e à atleta campeã nacional de basquetebol Sub-19 pela Ovarense, a A.C.R. “As Mós” decidiu distinguir este ano a denodada mosense Mariana Bandeirinha. Numa cerimónia simples mas emotiva - porque as Mós, mais que tudo, é paixão - foram enaltecidas as qualidades da homenageada sendo-lhe oferecida uma placa onde esse agradecimento ficou gravado.

A justeza do facto leva a que não sejam vãs as palavras de agradecimento às famílias “Velha” e “Polido”, pois no entender do responsável José Alberto, estas, auxiliadas pelos restantes elementos, foram inexcedíveis no esforço e imprescindíveis na realização.
No seguimento da reflexão proposta pela organização sobre a continuidade do formato destes encontros, pensamos que o êxito dos primeiros 10 se deve sobretudo às características com que os mesmos foram efectuados, e que por isso, ainda que o trabalho de organização seja enorme, qualquer mudança de estratégia seria trocar o certo pelo incerto.

Porque estamos de acordo com o sentimento vivido, fazemos nossas as palavras deixadas no MiniChat do blog dAs Mós: “A alma de um povo vê-se nas suas gentes. Parabéns à Associação pelo empenho e trabalho na organização e realização do Encontro de Mosenses. Um dia fantástico e inesquecível”.

- Clique nas fotos para ver a galeria respectiva -

Sem comentários:

Enviar um comentário